Resenha: Um Herói para Ela

Resenha por Brunna Carolinne

Autora: Lu Piras
Editora: Novas Páginas
Número de páginas: 336

Formada em Direito, Bianca Villaverde é uma advogada frustrada que é assediada pelo chefe. Ela tem baixa autoestima e já teve quatro namorados diferentes nos últimos seis meses, todos bem estranhos. Tentando ajudá-la a ter mais segurança na vida pessoal (e profissional), seus pais incentivam-na a se inscrever em um programa de bolsas de estudos da NYFA - New York Film Academy -, uma prestigiada escola de cinema dos Estados Unidos. Sim, apesar de ter cursado direito, o sonho de Bianca sempre foi ser roteirista. Agora, os pais acreditam que, se ela cursar o que sempre quis, voltará a acreditar em si mesma e sua vida entrará no eixo.
O roteiro de Bianca é aprovado e, nas pressas, ela se muda para Nova York, onde passa a dividir o apartamento com uma brasileira receptiva e uma russa malévola. Mas Bianca não foi à cidade que nunca dorme para fazer amizades, inimizades ou se apaixonar, ela foi para estudar e fazer um roteiro de qualidade. Mal sabia ela que o destino guarda algumas surpresinhas nas mangas.
Um Herói para Ela vai te enganar, te deixar extremamente curioso e sem unhas nas mãos, de tão aflitiva que é a narrativa. Esse poderia ser apenas mais um livro com um romance comum, mas a autora colocou alguns elementos que transformaram a obra em única.
Bianca, apesar de ser adulta, é sonhadora e ainda aguarda seu príncipe encantado. Ela não é chata de acompanhar, até porque a narrativa é em terceira pessoa, mas também não chega a ser uma queridinha. Alguns personagens têm segredos, ocultam características importantes de suas personalidades, e, em um personagem em especial, eu ficava pensando mas o quê, afinal, ele tanto esconde?. E esses mistérios me corroíam, deixavam-me curiosíssima, a ponto de não suportar ficar longe do livro um segundo sequer.
Como boa parte da história acontece nos EUA, pode-se inferir que o pessoal fala inglês (claro), mas certas vezes fiquei confusa se a pessoa estava ou não falando essa língua, porque no livro algumas palavras foram colocadas em português e outras em inglês. Em algumas passagens eu até entendi por que esse esquema foi utilizado, mas em uma boa parte eu não compreendi o objetivo disso.
Não costumo gostar de capas que contêm rostos de pessoas, mas essa é simplesmente linda! Dá um ar todo romântico. A diagramação do livro é toda bonitinha, com fofos detalhes que remetem ao cinema. As folhas são amarelinhas, lisinhas e cheirosinhas (expliquei aqui). Uma obra nacional com grande potencial, que tem tudo para agradar diversos leitores e deixá-los apaixonados pelos tocantes personagens e pela envolvente história.
Love means never having to say you're sorry.

6 comentários:

  1. Oi Brunna!

    Nunca li nada da Lu Piras mas sempre vejo comentários positivos sobre sua narrativa. A sua é a primeira resenha que leio sobre Um Herói Para Ela e gostei de saber que é mais do que romance, que o livro tem um ar de mistério. Ah, achei que a história se passasse no Brasil :x

    Adorei a resenha!

    Beijo,
    Naty.

    ResponderExcluir
  2. Ahhh eu to doida pra ler esse livro da Lu. Parece ser tão bonito.Adoro quando o livro nos deixa curiosos para saber o que vem a seguir. =)

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  3. Vi você comentando alguma coisa no Facebook sobre esse livro e na hora fiquei na expectativa em relação a sua resenha. Fiquei sim curioso em conhecer esse outro lado da história, já que antes não esperava muito da história, ainda que queira conhecer o trabalho da Lu, e isso mudou radicalmente agora.
    Curiosamente, tudo indica que minhas próximas leituras serão justamente livros indicados por você, e esse está nessa lista. Espero gostar de todos. :)

    Beijos, Brunna!
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Brunna

    Esse livro foi uma total decepção para mim, inclusive acabei de postar uma resenha sobre ele no blog.
    Estava cheia de expectativas e não foi nada do que eu havia imaginado. Achei tudo clichê demais, num nível exagerado e que ficou chato e enjoado.
    Uma pena.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  5. Nossa ameeeeeei esta resenha pare ser muito, boa não conheço a autora é brasileira?
    Agente tá com uma safra ótima de escritores né

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Rosacarla, a autora é brasileira *---* Realmente estamos com uma ótima safra de escritores, e o que me deixa mais feliz é que a editora Novo Conceito está reconhecendo o enorme potencial dos nossos conterrâneos <3
      Muito obrigada pela visita e pelo comentário :D Volte sempre!
      Beijinhos

      ~ Brunna Carolinne

      Excluir

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!