Resenha: Enquanto a Chuva Caía

Resenha por Brunna Carolinne

Autora: Christine M.
Editora: Novas Páginas
Número de páginas: 288

Marina mora em Nova York e, apesar de muito jovem, está comandando a empresa da família desde que o pai sucumbiu ao mal de Alzheimer. Ela tenta lidar com a doença do pai, um escândalo que pode fragilizar os negócios da empresa, além da dor que a morte prematura do marido deixou no coração dela.
Erik mora em São Paulo e vive no limite. Ele é muito bem pago para fazer aquilo que as autoridades não podem, ou seja, dar um sumiço nos meliantes. Assassinar. E Erik gosta disso, de correr riscos, do perigo, da adrenalina. Mas, de uma hora para outra, ele é obrigado a "tirar férias" em NY, a se disfarçar e viver como um cidadão comum, trabalhando em uma grande empresa de advocacia. Exatamente, a mesma comandada por Marina.
Quando ambos se encontram, a vida deles nunca mais será a mesma. Eles têm segredos importantes, coisas pelo que lutar e começam a perceber o quanto podem se ajudar, a aprender muito um com o outro, mas um mistério (envolvendo mortes suspeitas e enigmas angustiantes) que ronda o cotidiano dos dois pode ameaçar o relacionamento (e até a vida) de Erik e Marina.
Enquanto a Chuva Caía vai conquistando o leitor aos poucos, de mansinho, e, quando menos se espera, fica impossível parar a leitura. Com a narrativa em primeira pessoa alternada entre os pontos de vista de Erik e Marina, as páginas voam em uma velocidade tremenda. Quanto a isso, preciso ressaltar um detalhe: assim que uma nova narrativa começava, eu não sabia logo de cara quem era o narrador, eu demorava uns dois ou três parágrafos para identificar se era a Marina ou o Erik quem estava falando. Isso não deixou o livro confuso, mas acho que faltou um pouquinho mais de cuidado com essa questão.
Aproveitando a oportunidade, acho que também faltou uma melhor construção do mistério que envolve a família da Marina. Achei confuso demais, eu simplesmente não conseguia acompanhar o raciocínio, juntar as pistas, entender realmente tudo o que envolvia essa parte da trama. Confesso que em um determinado momento eu sinceramente parei de tentar compreender o enigma e me concentrei apenas no romance - que é incrível.
Os personagens centrais são bastante envolventes, fortes, determinados, mesmo com tantas cicatrizes na alma. Eles são diferentes, não são aquele típico casalzinho estereotipado - moça indefesa e príncipe perfeito. Longe disso. Marina vai à luta, não aceita qualquer coisa que lhe é imposta, mas às vezes se sente frágil, como qualquer ser humano. Erik já fez muita coisa errada, tem uma longa lista de defeitos, só que possui um lado meigo e protetor. E os dois juntos têm uma química inegável.
Completamente envolvente e apaixonante, Enquanto a Chuva Caía tem tudo para conquistar qualquer leitor. Tem a quantidade certa de conspiração, drama e romance (que foge aos padrões, mas não deixa de ser agradável de acompanhar). Quando for começar a leitura espero que o faça em breve, tenha em mente que só é possível largar o livro apenas depois que a última página é lida.
"(...) Talvez ser feliz seja somente confiar que a tristeza não será eterna, que dias bons e ruins se alternarão e que em todos eles vai existir quem te faça companhia."
pág. 268

13 comentários:

  1. Aiiii que resenha diva!! Amei! Quero demais ler logo, prometo que vou hahahaha

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi :)

    Esse livro já está na minha lista de desejados há algum tempo e, creio que irei adorar tanto quanto você. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ótima resenha! Eu não gosto de ler livros com cenas de relação sexual esse têm? :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa (:
      Obrigada! *-* Olha, por esse livro conter personagens centrais já adultos, na hora da narração, algumas vezes eles comentam que fizeram sexo, aparecem pela manhã abraçados na cama e tal, mas, pelo que eu lembro, não chegam a narrar, passo a passo, a cena da relação sexual em si (como em alguns new adults e romances históricos que temos por aí).
      Beijinhos e obrigada pela visita :D

      ~ Brunna Carolinne

      Excluir
    2. Ah, obrigada!! Então provavelmente vou ler. Eu n sei se li aqui a resenha de Meu inverno em Zerolândia, mas acho que sim, como ele está sendo um pouco melancolico vou deixar o da "chuva"para depois! :*

      Excluir
  4. Oi Brunna!!
    que bom que você gostou! :)
    não estou tãããão entuasmada com esse livro!
    mas uma resenha dessas... me deixou com a pulga atras da orelha! quem sabe se a oportunidade bater na porta? :)

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
  5. Eu tô com esse livro aqui em casa, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Estou adorando essas apostas da NC com autores nacionais e estou bem curiosa pra conhecer essa história.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Bru! To adorando estes lançamentos da NC e ainda mais por sendo nacionais, todas as resenhas que leio são super positivas e eu estou louca para ler!


    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  7. Adoro quando o casal protagonista foge um pouco do que estamos acostumados a ver em um livro de romance. Feliz por esse livro ser deste tipo. To bem curiosa para ler

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  8. Tenho esse livro aqui na minha estante para ler, porém não o meu estilo de leitura favorito.

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  9. OI Brunna

    Sei bem o que você sentiu com relação aos narradores. No início também fiquei perdida, mas depois conseguia distinguir quem era quem, falando o que.
    Com relação ao mistério faço de suas palavras as minhas. Senti a mesma coisa e pra mim foi o único ponto realmente negativo em toda a trama.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler esse livro, faz o gênero que eu gosto, haha.
    Pelo visto é dessas histórias que prende a atenção desde o começo.
    Amei a resenha!
    beeijos
    http://cookierobsten.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Um amigo falou muito bem sobre esse livro, agora você também faz comentários positivos. Confesso que no início não esperava muito da obra, simplesmente por não conhecer o estilo da autora e a própria temática, mas isso mudou radicalmente, mesmo sabendo que o mistério poderia ter sido melhor desenvolvido. Acho esse um detalhe que pode ser deixado de lado em alguns casos - e espero que sinta isso com esse especificamente.

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!