Subgênero literário moderno: Distopia

Após uma breve introdução feita sobre os subgêneros literários modernos, chegou o momento de falar sobre eles. Para iniciar, escolhi um que tornou-se meu queridinho há algum tempo: a distopia.

Afinal, o que é uma distopia?
Considere uma distopia (ou antiutopia) o extremo contrário de uma utopia. Enquanto a utopia fala sobre o mundo perfeito, ideal, onde tudo está certo para todos, a distopia trata sobre uma sociedade controlada por um Estado (ou por outros meios) totalitário e opressor, criando condições de vida insuportáveis aos indivíduos. A literatura distópica pode representar um regime utópico que, na prática, diverge da teoria.
As distopias são geralmente caracterizadas por um poder político totalitário, autoritário, opressor, o qual é mantido por uma minoria controladora da sociedade, que sofre privação extrema e desespero. Nestes estados impera a corrupção e as regras instituídas em nome do bem-estar coletivo revelam-se flexíveis.
Quando, na antiutopia, existem conquistas tecnológicas, estas são utilizadas pelo Estado, instituições, ou mesmo por corporações, como instrumento de monitoramento e controle dos indivíduos.
É bom ressaltar que as distopias normalmente têm como base a realidade da sociedade atual idealizada em condições extremas no futuro, em que desastres naturais de larga escala e outros elementos são utilizados como possível causa do declínio catastrófico da civilização.

Exemplos na literatura
Image and video hosting by TinyPic
Fontes: 123 e 4

8 comentários:

  1. Eu acabei de terminar Insurgente e amei, muito boa a série!
    Jogos vorazes vou começar em breve...

    http://cheirinhodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post! To terminando de ler o último livro da Saga do Jogos Vorazes e posso garantir que me tornei fã do gênero.
    Beijos, Bru
    www.sobrelivroseetc.com

    ResponderExcluir
  3. Legal o post. Há algum tempo eu pesquisei sobre esse subgênero e logo me interessei. Mas o único que li até agora foi o primeiro da série Maze Runner (é muito legal, recomendo muito!!!) Já tentei ler Jogos Vorazes duas vezes, e não consegui T_T
    Kissus
    www.penseicliquei.blogspot.com
    PS: Também já visitei Lorien HDUSAHDUAHUHDA <333

    ResponderExcluir
  4. Apesar de não conhecer as principais distopias, no caso da imagem citada apenas Starters, o gênero também se tornou um dos meus favoritos e acho muito interessante imaginar um futuro como descrito nesses livros. Nem mesmo a beleza das "utopias" se compara com tudo o que é apresentado nessa nova forma de se ver o mundo, totalmente original por sinal.
    Mais uma vez você mandou muito bem em uma postagem como essa. Parabéns :D

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Ah eu adoro distopias, já li várias, sempre alterno com outros gêneros pra não enjoar, e sempre me surpreendo com cada uma que leio.
    Já li Divergente e Delírio, mas Prodigy, Legend e O Jogador Nº1 me conquistaram, são minhas distopias preferidas.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  6. É bom saber do que se está gostando, obrigada! shuahsua

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro distopias #_# Mas dessas que você citou como exemplo eu só li a trilogia Jogos Vorazes e estou lendo Divergente no momento. Uma das distopias que gosto bastante é Reiniciados! Já leu? Eu recomendo muito.

    Adorei o post, aposto que esclareceu a dúvida de muita gente.

    Beijos,

    Fê,

    Lendo & Esmaltando

    ResponderExcluir
  8. AMO distopias. Seu texto foi ótimo, flor. Superdireto e fácil de entender. Eu já gostava de distopias muito antes de saber o nome deste gênero. Na época, não havia o que chamamos de distopias românticas. Eram especialmente ficções científicas. :) Ah, bons tempos também.
    Gosto muito das distopias modernas, que enriquecem o enredo com o romance entre os protagonistas. A Seleção, A Hospedeira… <333
    Adorei o post, flor! Estou louca por A Ilha dos Dissidentes! Quero muito conhecer este livro.
    Beijos!

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!