Resenha: Chama Negra


Resenha por Brunna Carolinne

Autora: Alyson Noël
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 239


ATENÇÃO: Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série Os Imortais. Confira a resenha de Para Sempre aqui, a de Lua Azul aqui, e a de Terra de Sombras aqui.
Após Ever ter transformado sua melhor amiga, Haven, em imortal, agora ela precisa infomá-la sobre o que um imortal deve ou não fazer, mas a amiga está tão fascinada, que nem dá muita bola para Ever.
Além disso, Ever ainda continua em busca do antídoto para desfaser o feitiço que proibe que ela tenha contato físico com Damen, seu eterno amor. Porém, Ever é tão impulsiva que mais uma vez faz um feitiço que dá errado, e desta vez ela fica amarrada a Roman e cada vez mais distante de Damen, e agora ela tem que se virar para desfaser um milhão de feitiços errados que ela própria fez, sem contar que ainda tem que cuidar de Haven, pois ela está tomando caminhos bem diferentes do dela.
Com tudo isso acontecendo, ela encontra ajuda apenas em Jude, e ficam ainda mais próximos a cada dia. Só que em vez de encontrar a solução dos seus problemas na magia, como ela queria, acaba encontrando na meditação.
Como é de praxe, Ever continua fazendo burradas, mas o livro é particularmente curto e tem uma história muito boa, cheia de grandes surpresas e me fez ficar mais ansiosa ainda para Estrela da Noite, quinto livro da série.
"Enquanto tenta ajudar Haven na transição para a vida imortal e libertar Damen do feitiço que não permite que ela toque nele. Ever se aprofunda mais e mais nos mistérios da magia negra. O feitiço, porém, vira contra a feiticeira, e ela se vê presa a seu maior inimigo: Roman. A força estranha e poderosa que toma conta do seu corpo impede que Ever pare de pensar nele, de desejá-lo.
Ela quer resistir à atração incontrolável que a está consumindo. Ele quer se aproveitar desse momento de fraqueza. Aponto de se render, Ever procura a ajuda de Jude, arriscando tudo e todos para salvar a própria vida e seu futuro com Damen..."
APENAS UMA NOTA:
Eu estava lendo esse livro no tempo que a música E.T., Katy Perry feat. Kanye West, foi lançada. Eu fiquei tanto com esse música na cabeça que acabou meio que virando uma trilha sonora do livro (hã?). É o seguinte: a música meio que tem a ver com o livro (pelo menos eu achei (: ), por causa de todo o ar misterioso e tal. Abaixo segue o clip da música pra quem não conhece:

1 comentários:

  1. buttercupdegalocha19/08/2012 13:26

    Acho que só cheguei a ler o primeiro e o segundo livro dessa série, mas que eu me lembre a Ever não fazia tanta estupidez. É uma pena porque eu odeio personagens que cometem um erro atrás do outro e parece que não aprendem, mas quem sabe depois eu não volto a ler...
    Parabéns pela resenha! :)

    Carla
    http://buttercupdegalocha.blogspot.com.br/ 

    ResponderExcluir

« »
 
Layout por Adália Sá e modificações por Brunna Carolinne. © Proibido cópia total ou parcial. Plágio é crime!